Buscar

4 dicas para você começar a treinar em casa

Atualizado: 17 de jun.



Hoje vamos dar algumas dicas para quem quer malhar, mas não tem tempo, disposição ou grana para a academia. Existem muitos exercícios que podem ser feitos em casa, basta ter força de vontade, foco e perseverança.

Primeiro, estabeleça um objetivo, seja ele fazer aquela trilha dos sonhos, caber em uma roupa que não entra mais, perder alguns quilos… A cada objetivo atingido, se dê de presente uma bela recompensa e estabeleça a próxima meta.

Em seguida, faça um planejamento. Com uma rotina constante fica mais fácil adaptar-se. Escolha os melhores dias e horários para exercitar-se e tenha disciplina. No início será difícil, mas depois você vai até sentir falta.

 Escolha o local que considera mais propício para praticar as atividades. Coloque uma roupa adequada, uma música animada e mãos à obra!

Use e abuse dos móveis da casa. Pense em como pode usá-los para te auxiliar nos treinos. Dá para usar uma cadeira para fazer agachamentos, por exemplo.

Subir e descer escadas é um ótimo exercício cardiovascular. Você pode variar a velocidade de acordo com seu ritmo e ir aumentando a intensidade com o tempo. Também é possível usar os degraus como apoio para outros exercícios.

Pular corda e polichinelos são ótimos para fazer em seu quintal ou numa sala que tenha espaço suficiente.

 Use o chão para flexões, abdominais e pranchas. É possível usar uma bola de ginástica para te auxiliar em muitos exercícios.

 Se tiver um elástico, pode fazer alguns exercícios como a remada aberta e fechada. Este é um material leve, barato e que pode ser levado para qualquer lugar. Só tome cuidado com o local onde irá prendê-lo.

SELECIONAMOS ALGUNS ACESSÓRIOS QUE VALEM O INVESTIMENTO:

  1. Corda para trabalhar principalmente os glúteos, a musculatura das pernas e melhorar o condicionamento físico.

  2. Colchonete para alongamentos, abdominais, exercícios com o peso do próprio corpo.

  3. Elásticos para fortalecer e modelar braços, pernas, costas e glúteos. Vai te deixar com músculos definidos e queimar calorias.

  4. Par de halteres de 3kg para bíceps, tríceps, ombro, peito e abdômen com carga.

  5.  Fitball (ou bola fitness) auxilia nos alongamentos, flexões, agachamentos e abdominais. Além de trabalhar a flexibilidade e a coordenação, melhora o equilíbrio e a força em toda a região das costas, do abdômen e ainda promove a ativação do sistema nervoso.

  6. Roda Abdominal para intensificar o grau de dificuldade dos abdominais.  Como exige muita força de abdômen e tronco, o ideal é que seja utilizada por quem já treina e tem algum condicionamento.

  7. Thorc Training Bar é uma barra de porta super resistente e fácil de instalar. Existe na versão fixa (perfeita para quem quer aumentar a força da musculatura de braços, costas, peitorais e abdômen)ou com rotação (que adiciona mais um componente ao esforço, fortalecendo os dedos, punhos e antebraços). É a preferida dos praticantes do Parkour, Calistenia, Workout e CrossFit.

AGORA, VÁ DEVAGAR!

 Os exercícios possuem inúmeras variações que vão do básico ao avançado. Vá com calma e comece devagar, aumentando aos poucos o nível de dificuldade. O principal é manter uma frequência, pois caso contrário não verá resultados.

 Traçar objetivos alcançáveis vai estimulá-lo. Não adianta inicialmente estabelecer desafios complexos e não conseguir bater as metas. Mais uma vez: aumente a intensidade gradualmente.

RESPEITE SEU CORPO

Se aqueça sempre antes de começar e diminua o ritmo do exercício no final.

 Fique atento no caso de dor, fadiga ou câimbras. Podem ser um sinal de alerta. Neste caso, procure orientação profissional.