Buscar

Fertilidade e o quanto a alimentação influencia

Atualizado: 17 de jun.




Sabemos que a infertilidade tem diversas causas, mas não podemos negar que os hábitos alimentares influenciam muito equilíbrio do organismo dos homens e mulheres.

Uma vida sedentária, tabagismo, alimentação inadequada, estresse, sobrepeso ou peso abaixo do recomendável podem influenciar nas funções ovulatórias das mulheres e diminuir a produção de espermatozoides dos homens.

Para as mulheres com excesso de peso, apenas 5% de perda de peso podem melhorar a fertilidade. Por outro lado, as mulheres que estão abaixo do peso, com um índice de massa corporal abaixo de 20 (NULL, 20 a 25 é considerado normal), podem apresentar ciclos menstruais irregulares ou parar de ovular completamente. As mulheres podem se preparar para uma gravidez e melhorar a fertilidade, mantendo um peso saudável e escolhendo alimentos que auxiliem na saúde do bebê e sua permanência no útero.

Os homens também devem manter um peso corporal saudável, uma vez que a obesidade pode alterar a testosterona e outros níveis hormonais; evitar o álcool, já que interfere na secreção do hormônio masculino; optar por frutas e legumes que contêm vitaminas, minerais e antioxidantes que podem ajudar a criar espermatozoides fortes e consumir alimentos com selênio e zinco, como a castanha-do-pará, melhoram a função e qualidade do sêmen.

Para que o nosso organismo não sofra os efeitos de uma alimentação desequilibrada, precisamos tomar alguns cuidados. Excesso de sal e temperos prontos, por exemplo, prejudicam a circulação sanguínea, aumentam a retenção de líquidos que resultam em toxinas acumuladas. A dieta da maioria dos países ocidentais, incluindo o Brasil, está voltada para os lanches e pratos rápidos (ou fast foods), à base de pães, batatas fritas e doces. Isso faz toda a diferença no nosso metabolismo em relação à glicose, na fabricação ou resistência à insulina- hormônio relacionado às funções reprodutivas da mulher. Comidas industrializadas e prontas como massas congeladas, hambúrgueres e pizzas também são ruins, pois são ricas em sódio e deficientes em vitaminas, minerais e antioxidantes.

Devemos evitar o excesso de carboidratos refinados e substitui-los pelos integrais, pois ele retira os nutrientes essenciais para uma mulher que está tentando engravidar, como antioxidantes, vitaminas do complexo B e ferro e, aqueles com alto índice glicêmico que podem causar em algumas mulheres, a Síndrome dos Ovários Policísticos.

A cafeína deve ser consumida com moderação pois prejudica absorção ferro, cálcio e ainda aumenta o número de radicais livres, moléculas que danificam os gametas, dificultando a concepção.  Assim como a soja por causa do fitoesterol, uma espécie de hormônio vegetal que pode interferir no estrógeno, hormônio feminino envolvido na ovulação.

Segue uma lista de alimentos que vão te ajudar a melhorar a qualidade das células (óvulo e espermatozoide) e prevenir os radicais livres, que podem causar a malformação. Nutrientes Alimentos Ácido Fólico Verduras escuras, como brócolis e espinafre, e frutas cítricas Ferro Feijão, cereais e verduras escuras, como rúcula e agrião Vitamina A Verduras escuras, como couve manteiga, laticínios (melhor os com baixo teor de gordura) e ovos Vitamina B Verduras escuras, ovos, cereais integrais, leite e queijos (melhor os com baixo teor de gordura)Vitamina B6Carnes magras (como patinho, maminha e lagarto), ovos e leguminosas (como feijões, grão-de-bico, ervilhas e lentilhas)Vitamina B 12Carnes magras (como patinho, maminha e lagarto), laticínios (melhor os com baixo teor de gordura) e ovos. Vitamina C Verduras escuras e frutas cítricas (como laranja, limão, abacaxi, tangerina e morango)Vitamina D Peixes (como salmão, atum, meca, arenque, sardinha)Vitamina E Cereais e óleos vegetais (como oliva, canola, girassol e milho)Selênio Oleaginosas (como nozes, castanhas, amêndoas, pistache e avelãs)Zinco Frutos do mar (como camarão, marisco e ostra)

Não siga dietas da moda nem exclua do seu cardápio alimentos que podem ter nutrientes necessários para equilibrar o funcionamento do seu organismo. Na dúvida sobre alimentos que podem aumentar sua fertilidade, procure um nutricionista. Nem tudo que é natural faz bem ou é o que você precisa naquele momento.

Fonte: Benefícios NaturaisTua SaúdeBoa FormaRevista Crescer